A escolher um mercado para o trading dos CFD

Lesson 5 of 6

A negociação de CFD sobre Commodities

Os CFD são geralmente uma forma mais acessível de as pessoas negociarem em Commodities em comparação com a negociação tradicional, principalmente devido à mecânica da negociação e à forma como os mercados são avaliados.

A mecânica de negociação

No mercado subjacente, as Commodities são normalmente negociadas em grandes volumes designados por contratos. Por exemplo, o ouro é negociado em volumes de 100 onças troy, enquanto o petróleo Brent é negociado em contratos de 1 000 barris, o equivalente a 42 000 galões.

Realisticamente, estas dimensões são demasiado grandes para muitas pessoas negociarem. Se o ouro tivesse um preço de 1 000 $ por onça, um lote custaria 100 000 $. Da mesma forma, se o petróleo Brent custasse 50 $ por barril, um lote valeria 50 000 $. Embora a alavancagem esteja geralmente disponível para futuros de Commodities, normalmente será-te solicitado um pagamento da margem de pelo menos 5–10%, que aumenta em condições de mercado voláteis.

Os CFD sobre Commodities simulam a compra de contratos de Commodities no mercado subjacente. Mas em vez de comprar ou vender o ativo físico, quando negoceias os CFD, estás a trocar a diferença entre os preços de abertura e fecho do contrato. Os CFD sobre Commodities também beneficiam de alavancagem, o que significa que só precisas de efetuar um depósito relativamente pequeno em comparação com a dimensão total da tua posição.

Como são determinados os preços das Commodities

As Commodities têm um preço diferente no mercado subjacente em comparação com as Ações, Índices ou Forex. As Ações têm todas o preço na moeda local onde são cotadas, os Índices são medidos em pontos e as taxas Forex têm uma notação padronizada (standard).

Agora, considera os preços das Commodities na tabela abaixo. Enquanto cada uma é medida numa unidade diferente, a maioria tende a ter um preço em dólares. No entanto, há algumas exceções.

Mercado Preço exemplo
Petróleo Brent 45,85 $ por barril
Gás natural 2 265 $ por mmBtu
Ouro 1 072,55 $ por onça troy
Cacau (Londres) 1 713,00 £ por tonelada
Madeira 250,00 $ por 1 000 pés quadrados de tábua

No entanto, como vimos, ao negociar os CFD nestes mercados, não compras a commodity diretamente, mas negoceias os movimentos no preço. Isto significa que não precisas de prestar tanta atenção às unidades e à divisa como faria ao negociar no mercado subjacente, embora ainda precises de ter a certeza de que sabe exatamente quanto vale um contrato para cada commodity.

Por exemplo:

Mercado Valor de um contrato (por ponto)
Petróleo Brent 10 $
Gás natural 10 $
Ouro 100 $
Cacau (Londres) 10 £
Madeira 1,10 $

Spreads sobre Commodities

Tal como as Ações, os futuros de Commodities são negociados em bolsas específicas em todo o mundo, o que significa que existem preços oficiais de compra e venda disponíveis no mercado subjacente. Os fornecedores adicionam então o seu próprio spread sobre estes como custo de negociação nesse mercado.

Estes spreads são muitas vezes variáveis, o que significa que tendem a oscilar ao longo do dia de negociação com base nas condições do mercado. Ao divulgar os seus spreads, os fornecedores cotam geralmente um dos seguintes:

  • Spread mínimo — o spread mais reduzido possível que um fornecedor irá oferecer;
  • Spread de contrato típico/standard — o spread que um fornecedor aplicará na maior parte do tempo.

Estes são os spreads de contrato standard que a IG cota para os mercados que já vimos:

Mercado Spread de contrato standard
Petróleo Brent 2,8
Gás natural 3
Ouro 0,3
Cacau (Londres) 3
Madeira 60

Como podes ver, estes spreads variam drasticamente consoante o mercado subjacente e podem também aumentar se esse mercado for especialmente volátil ou ilíquido.

Embora seja sempre importante verificar cuidadosamente os detalhes de qualquer mercado antes de negociar nele, isso aplica-se especialmente às Commodities. Devido às diferentes formas como as Commodities apresentam os seus preços e ao tamanho do spread a que podem estar sujeitas, o significado de “um ponto” pode variar significativamente de mercado para mercado.

Question

Qual destas Commodities esperarias que tivesse um risco maior devido aos movimentos súbitos e erráticos do mercado?
  • a Ouro
  • b Madeira

Correct

Incorrect

O spread mais alto (80 pontos) dá a pista. A madeira é uma indústria incerta, vulnerável a uma variedade de fatores, incluindo a desaceleração da construção, problemas de produção e fabricação e a variação das necessidades dos consumidores. Isto significa que o preço deverá oscilar muito mais frequentemente do que, por exemplo, o do ouro, que (regra geral) tende a manter-se em constante procura. Ao negociar em mercados com spreads mais amplos, como o da madeira, tenha em mente que o mercado terá de mover-se muito mais ao teu favor antes de que possas começar a lucrar.
Reveal answer

O impacto da alavancagem

Ao negociar CFD sobre Commodities, terás de fazer um pagamento da margem que pode ser apenas uma pequena parte do valor da commodity em que estás a negociar. Mas lembra-te de que a tua perda potencial pode ser muito superior a isso.

Lesson summary

  • As Commodities são normalmente negociadas em grandes dimensões chamadas “contratos”;
  • Com os CFD sobre Commodities, cada contrato que negoceias vale uma determinada quantia de dinheiro por movimento de ponto no mercado subjacente;
  • As Commodities têm frequentemente os seus preços em unidades diferentes e moedas diferentes;
  • Tal como as Ações, existem preços oficiais de compra e venda de Commodities disponíveis no mercado subjacente, aos quais os fornecedores sobrepõem em seguida os seus próprios spreads;
  • Os spreads oscilam ao longo do dia com base nas condições do mercado e podem aumentar se o mercado for particularmente volátil ou ilíquido;
  • Ao negociares Commodities com os CFD, podes perder ou ganhar mais do que tinhas investido inicialmente devido à alavancagem.
Lesson complete